•Bem-vindas!
Este blog quer ser um espaço de alerta e de partilha. De alerta para os números alarmantes do cancro do colo do útero: quase mil casos diagnosticados em Portugal em 2002, cerca de uma vítima mortal por dia. Mas, como nem tudo é negro, também queremos partilhar novidades médicas, testemunhos de luta contra a doença, notícias da campanha de Educação "Passa a Palavra". Agora, é contigo: deixa aqui os teus comentários, pede mais informações, troca ideias. Mas, acima de tudo descobre o que podes fazer mais para te proteger e... passa a palavra!
•Mensagens anteriores

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

•Úlimas mensagens

Vacina para todas as mulh...

Cancro do colo do útero

Testemunho: O chão começo...

Mitos e factos sobre a va...

Testemunhos reais apelam ...

Quem pode ser vacinada gr...

...

Cirurgia inovadora permit...

Rastreio do cancro do col...

A prevenção é possível! P...

Campanha da Liga Contra o...

Novela "Sentimentos" na T...

HPV – Vacinar é mesmo imp...

Susana Bento Ramos

Universidades contra o ca...

•Pesquisa
 
Quinta-feira, 26 de Julho de 2007
Testemunho: como venceu um cancro do colo do útero sem comprometer o sonho de ser mãe

O diagnóstico de cancro do colo do útero surgiu, casual e inesperadamente, no decorrer de uns exames realizados por Conceição Grilo antes de iniciar um tratamento de fertilidade. "Desde os 30 anos que estava a tentar engravidar sem conseguir, cheguei a fazer um tratamento hormonal, sem surtir o resultado esperado e entretanto parei. Aos 34 anos eu e o meu marido resolvemos reiniciar o processo e numa bateria de exames que me foram solicitados chegou a notícia de que tinha cancro do colo do útero. Apesar de saber que este cancro tem uma elevada taxa de mortalidade, o que mais me angustiou não foi isso, mas sim a eventual mutilação do útero que me impossibilitasse de ter filhos. Após o choque da notícia, e com o apoio incondicional do meu marido, e de toda a equipa do IPO fui submetida a uma intervenção cirúrgica, que felizmente decorreu com sucesso e removeu a totalidade do tecido afectado. Não tive por isso necessidade de recorrer à quimioterapia. Passados 6 meses desta intervenção tive alta e ingressei de imediato nos serviços de fertilidade de Santa Maria, onde já estava inscrita. Após 3 meses e dois tratamentos fiquei grávida. Hoje tenho 37 anos, o meu filho tem quase 9 meses e espero em breve poder voltar a engravidar."

publicado por Maria Grilo às 16:17
link do post | comentar | favorito
100 comentários:
De aline zani a 23 de Julho de 2010 às 15:11
Tenho hpv e ja fiz td o que todas vcs fizeram,e novamente me saiu um resultado de Displasia Severa no meu ultimo exame de papanicolaou em Marco de 2010.O meu medico quer que eu retire o utero pois ja tenho 40 anos e dois filhos,mas vivo fora do Brasil e aqui e 9.000 mil dolares a cirurgia.Me deem suas opiniao o meu emai e; alibras@hotmail.com Muito Obrigada a todas.........
De mlsa a 5 de Agosto de 2010 às 21:09
ola tenho hpv e estou gravida gostava de falar com alguem que tenha estado na mesma situaçao
De Lisa a 6 de Novembro de 2010 às 14:16
Ola chamo-me Lisa e tal como tu tb estive gravida e tinha a infecção de HPV. A minha gravidez correu mto bem e o meu menino nasceu as 39 semanas com 3350kg. Desde o nascimento do meu filho tenho feito exames e fiquei a saber esta semana que vou ter de retirar parte do utero para eliminar a lesão. Estou mto confiante pois o meu medico diz que é uma cirurgia rápida. Não tenhas medo de estar gravida e de teres HPV pq não afecta em nada o teu bébé. beijinhos e mta sorte.
De Maria Luisa Albuqueruqe a 30 de Outubro de 2010 às 02:48
olá Conceição , sei que deu o seu testemunho há muito tempo mas só hoje o li. nunca me deparei com nenhum problema grave de saúde , desde sempre que tive hábitos de vida saudáveis , e vou regularmente ao médico. Tenho 20 anos e com os meus 20 anos descobri , através de uma citologia de rotina que faço anualmente aquando da ida à minha médica, que tenho uma lesão de Grau I. Pelo que me explicaram não é grave, mas espero ansiosamente o resultado da biopsia que sai daqui a 3 dias. pelo que a minha medica disse, o tratamento a laser que provavelmente terei de fazer não afectará a possibilidade de ter bebés daqui a uns anos, mas tenho esse receio recente na minha cabeça todos os dias, muitas vezes ao dia, alem da sensação de efemeridade que senti e que aprendi a entender desde o resultado da colposcopia . Estou um bocadinho assustada (qual é a rapariga de 20 anos que não estaria= qual a mulher que não estaria). espero que ja esteja melhor. um abraço, Luisa
De andresa a 5 de Dezembro de 2010 às 14:06
estou passando por o maior pesadelo da minha vida tenho 29 anos e descobri um carcinoma insitu no colo do utero ja fiz um caf e estou esperando o resultado da biopcia para retirar o utero , tenho 3 filhos e nao mim importo com a retirada do utero mais tenho muito medo de morrer e nao criar os meus filhos, estou apavorada, olho para os meus filhos e penso que nao vou velos crescer.gostaria muito de receber mensagem e fazer amizade pois sempre e bom ver experiencias .beijos a todas

De anónima a 27 de Dezembro de 2010 às 02:39
amanhã vou fazer uma conização do colo do útero, até estou bastante tranquila não fosse o facto de ter comentado estas situações com o meu namorado e sentir que ele não me apoia pois se apanhar o virus sabe que a culpa é minha... neste momento sinto-me mais em baixo derivado à situação de falta de apoio do que propriamente da pequena cirurgia que vou fazer...
sou venho desabafar pois sentir falta do apoio do nosso companheiro é a pior coisa que existe :( estou triste e desiludida
De Anónimo a 6 de Janeiro de 2011 às 15:30
Olá a todas! foi-me diagnosticado hpv de alto risco. está numa fase latente ( adormecido), isto em agosto. Fui em dezembro à consulta e fiz novamente exames, estou à espera de resultados. Quando eu soube em Agosto chorei muito desde aí quando estou sozinha penso muito nisso choro muito penso em coisas horríveis. tenho muito medo não sei o que fazer. Ninguém sabe só eu. Ajudem me. Beijos para todas vós
De Evelise Moniz a 7 de Janeiro de 2011 às 17:34
Olá , eu sou aluna do ensino secundário da escola Ferreira Dias e juntamente com as minhas colegas de grupo realizo um trabalho sobre o cancro do colo do útero.
Achei a sua história emocionante e dá para ver que é uma pessoa com garra e por esse motivo gostaria de a fazer um pedido.
Eu e as minhas colegas temos em mente a realização de algumas palestras e seria uma honra tê-la como possível oradora de uma dessas mesmas.
Contudo, compreendo perfeitamente que este pedido possa ser um incomodo para si , e caso não possa comparecer e ser a oradora da palestra anteriormente referida, ficaríamos satisfeitas se apenas nos autorrizasse a divulgar a sua história.

Atenciosamente,

Evelise Moniz
De Sonia a 19 de Janeiro de 2011 às 21:31
Boa noite...estive a ler com muita atenção os vossos comentários e fiquei muito comovida... E tenho 26 anos um filho lindo com 22 meses e nao me lembro sequer de ter feito alguma vez um papanicolau =( ...pois é marquei um para a proxima 2ª feira porque apanhei um grande susto,agora ando a pressa a fazer os exames. Desejo a todas a maior sorte do mundo...

Comentar post

•Fala connosco!
Faz perguntas, tira dúvidas, conta histórias. Nós, Sociedade Portuguesa de Ginecologia, estamos à tua espera no mail passaapalavra@sapo.pt
•A moderadora: Maria Conceição Grilo
A determinada altura do seu percurso de vida foi surpreendida por um cancro do colo do útero, que superou com sucesso. Aceitou prestar publicamente o testemunho da sua experiência e o desafio de gerir este blogue.
•Sites com mais informação
•tags

todas as tags

•Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
•Recebe as novidades deste blogue