•Bem-vindas!
Este blog quer ser um espaço de alerta e de partilha. De alerta para os números alarmantes do cancro do colo do útero: quase mil casos diagnosticados em Portugal em 2002, cerca de uma vítima mortal por dia. Mas, como nem tudo é negro, também queremos partilhar novidades médicas, testemunhos de luta contra a doença, notícias da campanha de Educação "Passa a Palavra". Agora, é contigo: deixa aqui os teus comentários, pede mais informações, troca ideias. Mas, acima de tudo descobre o que podes fazer mais para te proteger e... passa a palavra!
•Alguns depoimentos de Médicos
•Mensagens anteriores

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

•Úlimas mensagens

Vacina para todas as mulh...

Cancro do colo do útero

Testemunho: O chão começo...

Mitos e factos sobre a va...

Testemunhos reais apelam ...

Quem pode ser vacinada gr...

...

Cirurgia inovadora permit...

Rastreio do cancro do col...

A prevenção é possível! P...

Campanha da Liga Contra o...

Novela "Sentimentos" na T...

HPV – Vacinar é mesmo imp...

Susana Bento Ramos

Universidades contra o ca...

•Pesquisa
 
Terça-feira, 23 de Março de 2010
Testemunhos reais apelam à prevenção do cancro do colo do útero

A Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) dá a conhecer dois testemunhos reais de mulheres que tiveram cancro do colo do útero, para Passar a Palavra às mulheres em Portugal.

As histórias de Ana e Joana vão passar na televisão e estão disponíveis no site www.passaapalavra.pt

Esta campanha nasceu com o pedido de ajuda do Presidente LPCC a mulheres que tiveram tumores como consequencia da infecção pelo HPV, porque elas melhor que ninguém, podem explicar o que é ter cancro do colo do útero e o que não dariam para voltar atrás e não ter que passar pelo mesmo.

Apesar dos problemas que esta doença provocou nestas mulheres, elas são sobreviventes, mas há outras 300 mulheres em Portugal que morrem com cancro do colo do útero a cada ano que passa, mesmo sendo este um tumor que pode ser prevenido.

 

publicado por Maria Grilo às 11:32
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Anónimo a 31 de Março de 2010 às 14:49
Olá, chamo-me Maria e tenho 28 anos. Em Novembro de 2009 foi-me diagnosticada uma lesão de baixo grau, NIC I no colo do útero. Em Fevereiro fiz uma conização . Daqui a 4 meses farei novos exames. Depois disso não há um dia, uma hora em que não pense neste vírus e se ele vai voltar a aparecer. Todos os dias são uma tormenta. É tentar combater o vírus e ainda combater os maus pensamentos, que é o mais difícil É necessário manter uma atitude positiva também para tentar evitar que o vírus se manifeste. Há que dotar o nosso corpo dos mecanismos necessários. Gostaria muito de saber como está a Joana Costa que faz este testemunho do seu caso, acho que serve de exemplo a todas.
Um beijinho
De Ana a 18 de Setembro de 2010 às 21:31
Olá Maria!
Ao ler o teu comentário, suspirei! Parecia que estava a ler os meus pensamentos desde 24 de Dezembro de 2008, dia em que me foi diagnosticada uma lesão de baixo grau, NIC I no colo do útero. Também já passei por conização, alias por duas vezes, mas acredita desde o dia que me foi confirmado o resultado que nao pense de forma negativa nos dias que puderei vir a ter, caso o vírus "ataque" novamente!
Obrigado por partilhares o teu testemunho!Ajudou-me acredita!
De ana a 30 de Dezembro de 2010 às 12:31
olá vou te contar um pouco daquilo que se passou comigo. eu queria engravidar e então como qualquer mulher fui a uma ginecologista e disse o que para meu espanto faz me só uma eco onde viu um cisto com 3 cm ate aqui tudo ok isto em 6 de Janeiro de 2010 foi o único exame que me fez . Eu que sou uma pessoa que cismo imenso não achando aquilo correcto e com uma ideia de que não estava bem em Junho fui a outro ginecologista onde ai sim me fez uma consulta espectacular e digna , inclusive um papanicolau . fiquei a aguardar resposta da qual só tive resposta no dia 18 de Agosto na qual me ligaram da clínica para me apresentar lá que o medico me queria falar. quando lá cheguei começo a ficar ainda mais nervosa do que já estava ,pressentia que algo de grave se passava, começou por me acalmar e me contar com calma tudo o que se passava fiquei muito assustada pois tinha uma ferida no útero já de 1,5 cm e grave , me fez novamente o exame e me localizou de imediato o problema . marcamos logo a conizaçao para passado 8 dias pois tinha que o fazer o quanto antes. Agora estou sempre com o coração nas mãos pois tenho de fazer este exame de 4 em 4 meses. fui lá a semana passada e estávamos a falar daquilo que me aconteceu e vou ter de tomar a vacina do colo do útero pois já sou uma pessoa que estou com risco de poder me acontecer novamente era para ser agora mas quando me fez a eco viu um liquido na qual poderei estar numa primeira fase de possível gravidez. esperemos para ver o que me vai acontecer. PARA TODAS AS MULHERES QUE ESTIVEREM A LER FAÇAM SEMPRE O PAPANICOLAU DE ANO A ANO EU APANHEI O HPV EM MEIO ANO . BEIJOS PARA TODAS AS MULHERES QUE POR ISTO JÁ PASSARAM E PARA AS QUE ESTÃO A PASSAR

Comentar post

•Não te esqueças de passar a palavra!
•Fala connosco!
Faz perguntas, tira dúvidas, conta histórias. Nós, Sociedade Portuguesa de Ginecologia, estamos à tua espera no mail passaapalavra@sapo.pt
•A moderadora: Maria Conceição Grilo
A determinada altura do seu percurso de vida foi surpreendida por um cancro do colo do útero, que superou com sucesso. Aceitou prestar publicamente o testemunho da sua experiência e o desafio de gerir este blogue.
•Notícias a reter


•Sites com mais informação
•tags

todas as tags

•Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
•Recebe as novidades deste blogue