•Bem-vindas!
Este blog quer ser um espaço de alerta e de partilha. De alerta para os números alarmantes do cancro do colo do útero: quase mil casos diagnosticados em Portugal em 2002, cerca de uma vítima mortal por dia. Mas, como nem tudo é negro, também queremos partilhar novidades médicas, testemunhos de luta contra a doença, notícias da campanha de Educação "Passa a Palavra". Agora, é contigo: deixa aqui os teus comentários, pede mais informações, troca ideias. Mas, acima de tudo descobre o que podes fazer mais para te proteger e... passa a palavra!
•Alguns depoimentos de Médicos
•Mensagens anteriores

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

•Úlimas mensagens

Vacina para todas as mulh...

Cancro do colo do útero

Testemunho: O chão começo...

Mitos e factos sobre a va...

Testemunhos reais apelam ...

Quem pode ser vacinada gr...

...

Cirurgia inovadora permit...

Rastreio do cancro do col...

A prevenção é possível! P...

Campanha da Liga Contra o...

Novela "Sentimentos" na T...

HPV – Vacinar é mesmo imp...

Susana Bento Ramos

Universidades contra o ca...

•Pesquisa
 
Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008
Todas fazemos falta. Diz não ao Cancro do Colo do Útero. Depende de ti!

 

 

Foi hoje lançada pela Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) em conjunto com outras sociedades médicas, a campanha: "Todas fazemos falta. Diz não ao Cancro do Colo do Útero. Depende de ti!"

 

Esta campanha representa uma importante forma de alertar a população para os riscos inerentes ao HPV (Papilomavírus humano) e para a importância de rastrear e vacinar contra o cancro do colo do útero.

 

Para o Dr. Vítor Veloso, Presidente da LPCC, o facto da vacina contra o HPV ter entrado no Plano Nacional de Vacinação (PNV) representa um grande avanço para a prevenção do cancro do colo do útero.

 

O Presidente da LPCC relembra ainda que o PNV incluirá as jovens dos 13 aos 17 ano, mas a prevenção deve ser promovida para todas as jovens e mulheres, para além destas idades.

 

 

 

publicado por Maria Grilo às 14:31
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Tatiana Gaspar a 30 de Novembro de 2008 às 04:02
Hoje estava no carro e quando olhei para o lado deparei-me com o Outdoor da campanha, primeiro não percebi, ou talvez tenha fingido não perceber, depois, fiquei sem querer acreditar que estava a ver "aquilo". Iniciativas de prevenção são desejadas e bem-vindas é certo, no entanto, este outdoor é de extrema indelicadeza, para não dizer mesmo "de menos bom gosto. Será que se lembraram de como se pode sentir uma pessoa que perdeu alguém querido nesta situação? Ou alguém que está a passar por uma situação de cancro?
Bem, prevenção sim... Mas apostar em campanhas pela positiva também!
De AR a 26 de Março de 2009 às 14:43
Concordo em absoluto com as campanhas de sensibilização até porque, infelizmente, ainda existe muita "ignorância" por parte das mulheres em consultarem o ginecologista com regularidade.
No entanto a falta de capacidade de resposta dos hospitais, pode fazer gorar os fins de todas as campanhas de rastreio que possam existir... isto para a maioria das mulheres que têm de recorrer ao SNS, obvio... será admissivel ter uma citologia onde foram detectadas celulas anomalas e não foi excluida uma lesão de grau alto e estar cerca de 4 meses à espera de vaga para fazer uma colposcopia com biopsia???
De Anónimo a 30 de Abril de 2009 às 17:14
Preciso urgentemente de um concelho Vosso, de pessoas com mais experiencia... Quero fazer o rastreio, mas nao sei se deva procurar um especialista, ginecologista, ou se deva ir ao centro de saude, ao medico de familia... O que sera melhor??? Dêm-me a Vossa opinião. Obrigada
De desistirnunca a 6 de Maio de 2009 às 17:17
eu falo por mim e tive que recorrer ao particular...
porque no centro de saúde não andava...
até porque se houver alguma a coisa a tratar é feita d imediato... (foi em 15 dias...)

boa sorte!
De Maria Grilo a 8 de Maio de 2009 às 15:58
Cara amiga,
Os centros de saúde são uma excelente opção para a questão que coloca. Dirija-se ao seu médico de família, peça aconselhamento e faça o rastreio.
Maria Grilo
De Tixa a 15 de Junho de 2009 às 18:59
olá

eu já apanhei a primeira dose da vacina contra o cancro do colo do útero e sinto-me priveligiada por ter a oportunidade de me prevenir contra este cancro...

beijinhos

Comentar post

•Não te esqueças de passar a palavra!
•Fala connosco!
Faz perguntas, tira dúvidas, conta histórias. Nós, Sociedade Portuguesa de Ginecologia, estamos à tua espera no mail passaapalavra@sapo.pt
•A moderadora: Maria Conceição Grilo
A determinada altura do seu percurso de vida foi surpreendida por um cancro do colo do útero, que superou com sucesso. Aceitou prestar publicamente o testemunho da sua experiência e o desafio de gerir este blogue.
•Notícias a reter


•Sites com mais informação
•tags

todas as tags

•Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
•Recebe as novidades deste blogue